Assoc. Portuguesa de Viniyoga - APV

Viniyoga - o yoga personalizado para si, no aqui e agora!

Forums

Post Reply
Forum Home > Assuntos vários > Reflexão sobre a prática

Assoc. Portuguesa de Viniyoga
Site Owner
Posts: 9

Deixo-vos a reflexão pessoal de uma praticante de yoga com vários anos de experiência... e convido-vos a todos a deixarem a vossa própria reflexão... o que mudou com o yoga? O que significa para cada um a prática?...

............................................................................................................................

Yoga e o Yoga e eu

Pratico yoga há já algum tempo. Comecei por querer experimentar e fiquei, gostei, continuei, fui persistente e continuo…

O yoga é, para mim, uma filosofia de vida, um estado de espírito.

No yoga, junta-se o corpo e o espírito, treinando a mente e os músculos…

O yoga foi uma (re)descoberta e uma revelação. A prática regular de asanas e de pranayama é um bálsamo salutar no meu quotidiano; com esta prática, aprendi a dar mais importância à respiração, a ouvir-me inspirar e expirar, a estar mais atenta aos sinais do corpo e da mente, a prestar mais atenção a alguns pormenores, às coisas mais simples, a relativizar, a dar importância, de facto, ao que é importante.

Quando se pratica yoga, não se transpira! Porém a boa energia, o prana vai-se instalando, paulatinamente, e o cérebro vai libertando as endorfinas que nos proporcionam uma sensação de alívio, de prazer, de fruição, de bem-estar.

Considero que é um privilégio praticar yoga e integrá-lo no meu dia-a-dia. Essa prática diária ajuda-me a combater as tensões, o stresse e os maus humores, fazendo face ao despiciendo da crise; o yoga é, portanto, a minha “arma secreta”, para me manter firme e determinada e com boa energia para conduzir o barco a bom porto, com águas mais serenas e tranquilas, para ser um ser humano melhor e viver com otimismo e alegria.

Termino, deixando a mensagem do texto de Fernando Pessoa, esse poeta que vamos descobrindo e aprendendo a conhecer, à medida que o lemos e, quanto mais o lermos, mais apetrechados ficamos para apreendermos e fruirmos a sua mensagem. Com o yoga, penso que o mesmo se passa! Alguma persistência na prática, algumas leituras e alguma meditação, conduz ao melhor entendimento dos seus mecanismos e aí a fruição será, certamente, outra, apesar do caminho ser longo…

............................................................................

De tudo ficaram três coisas:

A certeza de que estamos sempre começando…

A certeza de que precisamos continuar…

A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar!

Por isso devemos:

Fazer da interrupção um caminho novo;

Da queda um paço de dança,

Do medo, uma escada

Do sonho, uma ponte

Da procura um encontro…

Fernando Pessoa

.......................................................................................................

Namasté

Maria de Lourdes Alexandre

--

Cristina Donato

April 25, 2012 at 6:23 PM Flag Quote & Reply

You must login to post.