Assoc. Portuguesa de Viniyoga - APV

Viniyoga - o yoga personalizado para si, no aqui e agora!

Forums

Post Reply
Forum Home > Assuntos vários > A respiração é o espelho do psiquismo

Alice
Moderator
Posts: 7

A respiração é uma função automática do nosso corpo. Podemos não estar conscientes de que estamos a respirar, ou de como estamos a respirar, mas mesmo assim respiramos.

A respiração é composta por quatro fases: inspiração, retenção com os pulmões cheios, expiração e retenção com os pulmões vazios (as retenções nem sempre estão presentes). O ritmo da nossa respiração é dado pelo tempo que demoramos em cada uma destas fases. Este ritmo pode mudar: ele é influenciado pela nossa necessidade de oxigénio (por exemplo, ao fazer um esforço físico, precisamos respirar mais depressa) e também pelas nossas emoções. Quando estamos tristes, alegres, zangados, ou concentrados, o ritmo da nossa respiração é diferente para cada situação.

Mas, se prestarmos atenção à nossa respiração podemos modificar o seu ritmo. Ao aplicarmos um certo ritmo à nossa respiração vamos entrar no estado de espírito correspondente. Isto já era conhecido dos antigos yoguis e, hoje em dia, é usado por certos atores como uma técnica para induzir o estado de espírito desejado.

No yoga, como é recomendado por Patanjali no Yoga-Sûtra ao falar do prânâyâma, tentamos tornar a nossa respiração mais longa e subtil. Isto corresponde a uma mente calma e focada. Respiramos desta maneira não só durante a prática de prânâyâma, como na prática de âsana.

Aplicam-se ritmos específicos de acordo com a forma como o praticante se sente e o efeito que queremos produzir: mais alerta ou mais relaxado, mas sempre calmo e concentrado.

 

DICA: se sentir zangado(a), ansioso(a) ou stressado(a), tente sentar-se por alguns minutos, feche os olhos e observe a sua respiração. Concentre-se na expiração e tente torná-la mais longa do que a inspiração. Conte quantos segundos demora a inspirar e a expirar. Tente expirar em uma vez e meia o tempo da inspiração. Faça isto durante pelo menos uns dois ou três minutos. Enquanto faz isto também pode imaginar que «expira» aquilo que o/a está a incomodar… e, se quiser, pode visualizar energia fresca e revitalizante a entrar no seu sistema, enquanto inspira.

 

--
April 25, 2014 at 12:23 PM Flag Quote & Reply

You must login to post.